Deixar os cabelos lindos e sadios é o desejo de toda mulher, mas muitas vezes o cuidado e a atenção com o couro cabeludo acabam ficando de lado. O problema é que é justamente ele o responsável pela saúde geral dos fios, é nele onde tudo acontece. 

 

Uma raiz bem cuidada é sinônimo de fios fortes, resistentes, brilhantes e com um crescimento saudável do jeito que a gente gosta. Se o couro cabeludo ainda não é uma prioridade sua, comece hoje a mudar essa visão!

 

Além de interferir diretamente nos fios, um couro cabeludo mal cuidado pode gerar caspas e doenças como dermatite atópica, dermatite seborréica, psoríase, micose, urticária entre outras. Por isso, preparamos um artigo para te ajudar nessa jornada de cuidados com esse ambiente capilar tão importante:



Coceira e sensibilidade no couro cabeludo: como descobrir o que pode ser

 

Muitas vezes nos deparamos com a nossa raiz coçando, sensível ou até mesmo dolorida. Por mais simples que seja o problema, não podemos considerá-lo algo normal. Esses são fatores que nos chamam atenção para algo de errado que está acontecendo em nossa cabeça e todo cuidado é pouco. Mas algumas causas são mais comuns e identificá-las pode te ajudar a entender o que pode estar se passando.

 

 

ALERGIA (DERMATITE DE CONTATO)

 

Pode ocorrer do seu couro cabeludo ter desenvolvido uma alergia ou irritabilidade a algum produto, ou de uma marca específica, ou devido a um composto químico, ou até mesmo por causa de algum extrato natural presente na fórmula. 


Shampoos e cremes podem causar esse tipo de problema, mas sempre fique ligada nas tinturas, tonalizantes e pós descolorantes. Nesse caso, tentar trocar ou parar de usar o produto é uma saída facilmente possível que serve como teste para cessar o processo inflamatório.

 

DERMATITE SEBORREICA

 

Caracterizada por um processo inflamatório que é causado pelo aumento da produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Os sintomas são, basicamente, muita coceira, vermelhidão e descamação, a famosa caspa. Sua causa não é totalmente conhecida, mas pode ser atribuida a fatores genéticos. 

 

Contudo, fatores externos podem agravar consideravelmente a propensão ao aparecimento de sintomas, como o excesso de oleosidade (não lavar direito os cabelos ou até mesmo espaçar muito as lavagens), o não tratamento de uma caspa simples, alergias ou o estado emocional (ansiedade e estresse). 

 

Procedimentos estéticos como (excesso de) alisamentos são grandes causadores da descamação do couro cabeludo devido à exposição a altas temperaturas ou até mesmo por causa dos componentes tóxicos presentes nas fórmulas, como formol e outras substâncias químicas perigosas. 

 

MICOSE

 

A micose é uma doença causada pela proliferação de fungos e no couro cabeludo pode causar uma coceira intensa e extremamente incômoda, além de erupções, pus e queda capilar. Geralmente ocorre porque a raiz permanece úmida por muito tempo, não secando devidamente. 

 

Pessoas que costumam dormir com os cabelos molhados, por exemplo, tem maior propensão a desenvolver a doença, uma vez que o ambiente ideal para os fungos caracteriza-se como úmido, quente e fechado. Por isso, é tão importante secar bem os cabelos no período da noite, antes de dormir e também no inverno, em que os fios demoram mais para secar naturalmente.

 

Há muitas outras doenças que podem afetar a raiz dos nossos cabelos, mas de qualquer forma, lembre-se sempre de consultar um médico dermatologista, seja qual for a causa, para um tratamento personalizado correto e eficaz. 

 



Cuidados com o cabelo e couro cabeludo que podem ser praticados no dia a dia

 

Independente do seu tipo de cabelo, o couro cabeludo deve sempre ter uma atenção especial. Praticando rotineiramente os cuidados básicos, você vai garantir uma raiz saudável e fios impecavelmente belos e sadios. E tudo começa na lavagem das madeixas!

 

Cabelos mistos a oleosos podem abusar mais de lavagens constantes. Um dia sim um dia não é o ideal, mas se quiser espaçar um pouco mais, não exceda o limite de dois dias. Já os fios mais secos precisam de lavagens menos regulares para evitar o ressecamento e manter a hidratação natural através da oleosidade regular. Mas aquela história de ficar uma semana sem lavar as madeixas já é demais! Mais que cinco dias já abre margem para um excesso de sebo que pode acarretar em caspas ou até mesmo uma dermatite.

 

A escolha dos produtos de acordo com o seu tipo de cabelo também faz toda a diferença. Pode parecer besteira, mas as formulações dos produtos são específicas para limpar e tratar cada fio a sua maneira, com suas características específicas. Por isso é tão importante conhecer bem seus cabelos e entender como eles se comportam. 

 

Também é importante que você nunca aplique cremes, condicionadores, máscaras capilares e finalizadores (como leave-in, creme de pentear ou até mesmo reparador de pontas) no couro cabeludo e sim sempre dois dedos abaixo da raiz. O motivo é muito simples: esses produtos, por serem altamente hidratantes, podem entupir os folículos capilares, enfraquecendo os fios pela dificuldade de absorção de água e nutrientes, causando caspa e queda capilar. 

 

 

Outra dica simples é evitar altas temperaturas que acabam por ressecar a raiz, causando descamação, coceira e irritabilidade. Nisso estão englobados a água quente do banho, o excesso de secador e chapinha e até mesmo as escovas alisantes. 

 

No dia a dia, não se esqueça de usar produtos termoprotetores que ajudarão o couro cabeludo e os fios a se manterem protegidos e saudáveis. O uso de produtos específicos pós progressiva também são uma boa pedida para um cuidado capilar correto e assertivo. Caso o problema seja uma descamação comum, o uso de um bom shampoo anticaspa ou até mesmo tônicos capilares podem ajudar você de maneira descomplicada. 

 

De qualquer modo, caso sinta alguma irritabilidade, vermelhidão, coceira e descamação intensa do couro cabeludo, não hesite em procurar ajuda médica. 


Se você gostou dessas dicas, conheça a Linha Equilíbrio Caspa Acquaflora que te ajuda com a eliminação da caspa comum, além de manter os fios e o couro cabeludo sempre saudáveis!