Para alcançar e manter fios sempre saudáveis e bonitos, os cuidados com os cabelos devem ser constantes. Além disso, precisamos estar sempre atentas com os vilões dos tratamentos capilares: os costumes diários que fazem mal e devem ser evitados. 

 

É isso mesmo e não tem jeito… a gente sempre se acostuma com uma coisinha aqui e outra ali que no final das contas prejudica a saúde das madeixas e do couro cabeludo. Mas fique tranquila! Esse artigo vai lhe ajudar a identificar quais são esses hábitos maléficos para você se livrar deles de uma vez por todas!

 

FREQUÊNCIA IDEAL DE LAVAGEM DOS FIOS

 

Cada tipo de cabelo possui características diferentes e, por isso, se comportam de maneiras diferentes. Isso implica na frequência que você deve lavar as madeixas. Não existe uma regra para ser seguida à risca, mas é muito importante dar atenção para essa prática, caso contrário você pode causar malefícios à fibra capilar e também ao couro cabeludo.

 

É muito comum algumas pessoas serem ridicularizadas por lavar o cabelo uma vez por semana, não é? De fato, esse é um hábito muito ruim que deve ser, definitivamente, evitado! 

 

 

Isso porque, depois de tantos dias, o acúmulo de oleosidade acaba entupindo os folículos capilares, causando fraqueza nos fios pelo bloqueio da passagem de água e nutrientes. E de quebra, ainda pode causar alguma doença no couro cabeludo como dermatite e caspa.

 

Para quem possui fios mais finos, oleosos a mistos, lisos e/ou levemente ondulados, a frequência ideal de lavagem é a cada dois dias, se estendendo no máximo (quando houver necessidade) para três dias. 

 

Já as madeixas mais ressecadas - naturalmente ou por procedimentos químicos, onduladas, cacheadas e crespas podem abusar um pouquinho, levando em conta uma lavagem a cada três ou quatro dias. Isso porque esses tipos de cabelo tendem a ser mais secos naturalmente e se lavados com muita frequência podem ressecar ainda mais.  



ESCOLHENDO OS PRODUTOS CERTOS x PRODUTOS ERRADOS

 

Parece besteira, mas escolher o produto certo de acordo com as suas madeixas faz toda a diferença! Como dito anteriormente, cada tipo de cabelo tem características diferentes e para contemplar toda essa diversidade, existem produtos específicos levando em consideração cada particularidade.

 

 

Ou seja, se o seu cabelo é oleoso - procure por produtos para cabelos oleosos. Se o seu cabelo é cacheado - procure por produtos para cabelos cacheados. Ou ainda, se o seu cabelo está enfraquecido - procure por produtos para cabelos fracos… e assim por diante. 

 

Por isso é tão importante estabelecer uma relação íntima com as madeixas, para você entender exatamente o seu tipo de cabelo e quais são suas necessidades atuais. Um shampoo para cabelos ondulados, por exemplo, é mais hidratante do que um para cabelos lisos e isso causará um efeito negativo quando aplicado.

 

Mas escolhendo os produtos corretos, o seu cabelo absorverá todos os benefícios segundo suas necessidades, ficando mais bonito e muito mais saudável! Ah, e aquela história de que "o cabelo acostuma com o produto" é invenção, tá? Se você não sente mais diferenças notáveis, quer dizer que aquele produto já cumpriu com sua função e talvez você precise sanar outras necessidades da fibra capilar.



AUSÊNCIA DE TRATAMENTOS CAPILARES 

 

Traçar um cronograma caseiro de tratamentos capilares de tempos em tempos é essencial para se ter madeixas lindas e super saudáveis sem precisar gastar dinheiro no salão de beleza. Investir em máscaras para cabelos hidratados, nutridos e reconstruídos é o caminho certo!

 

 

Lembre-se que a fibra capilar tem suas necessidades e de tempos em tempos essas necessidades retornam ou mudam de configuração. Então, esteja sempre prestando atenção nos fios para identificar com exatidão como proceder. Para saber como montar o seu cronograma de tratamentos capilares, clique aqui

 

O costume de lavar os cabelos sem fazer tratamentos adequados ou investir apenas em hidratação acaba sendo prejudicial, pois o tecido fibroso também precisa de nutrientes, outras vitaminas e proteínas reconstrutoras (principalmente quem faz uso de produtos e procedimentos químicos).



FINALIZADORES? NÃO É UM LUXO E SIM UMA NECESSIDADE!

 

Muitas pessoas acham que os cuidados com os cabelos param dentro do chuveiro, mas já sabemos que isso não é verdade. Finalizar o penteado é essencial para proteger os fios e, assim, mantê-los bonitos e saudáveis por muito mais tempo.

 

Quem faz uso de secadores, chapinhas e modeladores sem usar qualquer produto de proteção térmica, por exemplo, está definitivamente assinando seu contrato de costumes que fazem mal e devem ser evitados.

 

O calor em excesso prejudica a fibra capilar pois desidrata intensamente as células, deformando e causando problemas como porosidade, enfraquecimento, opacidade e até mesmo queda capilar. 

 

Investir em cremes de pentear, leave-ins e séruns com proteção térmica é a chave para o sucesso, pois além de proteger os fios do calor, você também estará protegendo dos efeitos negativos dos agentes externos, como a oxidação causada pelos radicais livres. 

 

Reparadores de pontas também são ótimos para deixar as madeixas com um aspecto mais saudável e hidratadas por muito mais tempo. É ideal, principalmente, para quem não tem o costume de cortar as pontinhas mas precisa se livrar das pontas duplas e do ressecamento natural dessa parte do fio!

 



Por último, mas não menos importante, nunca durma com os cabelos molhados. Um couro cabeludo úmido é o cenário perfeito para a proliferação de fungos e bactérias. E evite prender os cabelos em rabo de cavalo com constância… a tração pela força que o fio muito puxado exerce sobre os outros acaba causando quebra e queda capilar crônica.

 

Se você conhece alguém com esses hábitos capilares que devem ser eliminados de uma vez por todas, compartilhe o artigo e acesse o site da Acquaflora para conhecer todas as linhas de cuidados e tratamentos!